domingo, 29 de novembro de 2009

Futebol - 2ª Divisão - Eléctrico empata e sai da zona de despromoção

2ª Divisão C
JORNADA 9
2009-11-29
Monsanto 0-0 Praiense
Pampilhosa 2-0 Arouca
Ac. Viseu 0-1 Clube Operário
Marinhense 1-1 Mafra
Tourizense 2-1 Sertanense
UD Serra 0-2 Tondela
Esmoriz 1-0 Vitória do Pico
Oliv. Bairro 1-1 Eléctrico


Classificação
1 Tourizense 20 (2ª Fase)
2 Tondela 19
3 Esmoriz 17
4 Monsanto 15
5 Mafra 14
6 Clube Operário 14
7 Arouca 14
8 Praiense 12 *
9 Pampilhosa 12 *
10 UD Serra 12
11 Marinhense 12
12 Eléctrico 9
13 Ac. Viseu 9 ** (Despromoção)
14 Sertanense 8 (Despromoção)
15 Oliv. Bairro 6 (Despromoção)
16 Vitória do Pico 5 ** (Despromoção)

* Menos 1 Jogo
** Mais 1 Jogo

---------------------------------

2ª Divisão D
JORNADA 9
 2009-11-29
Louletano 1-1 Pinhalnovense
Lagoa 2-1 At. Reguengos
Real 2-0 Aljustrelense
Marítimo B 1-0 Santana
U. Madeira 1-0 Atlético
Pontassolense 3-0 Igreja Nova
Est. Amadora 27/01 Odivelas
Oriental 1-1 Camacha


Classificação
1 Atlético 19 (2ª Fase)
2 U. Madeira 18
3 Oriental 18 **
4 Est. Amadora 16 *
5 Camacha 15
6 Pontassolense 14 **
7 Lagoa 14
8 Pinhalnovense 13
9 At. Reguengos 13
10 Marítimo B 11
11 Real 11
12 Louletano 11
13 Odivelas 9 * (Despromoção)
14 Igreja Nova 6  (Despromoção)
15 Aljustrelense 6  (Despromoção)
16 Santana 3  (Despromoção)



* Menos 1 Jogo
** Mais 1 Jogo

Futebol - AF Évora - EV Vendas Novas vence nos Arcos e continua na liderança

Divisão de Honra
JORNADA 6
2009-11-29
Arcoense 1-4 E. V. Novas
Giesteira 0-0 Redondense
Oriolenses 0-0 O Calipolense
Monte Trigo 3-2 Santiago Maior
Arraiolense 1-4 Borbense
Bencatelense 1-0 Escouralense
Sp. Viana 3-3 Portel


Classificação
1 E. V. Novas 18 (Promoção)
2 Monte Trigo 16
3 Borbense 10
4 Redondense 9
5 Sp. Viana 9
6 Santiago Maior 9
7 Oriolenses 8
8 Portel 8
9 Bencatelense 7
10 Giesteira 7 6
11 Escouralense 7
12 O Calipolense 6
13 Arraiolense 1
14 Arcoense 1 (Despromoção)


----------------------------

2ª Divisão A
JORNADA 6
 2009-11-28
Brotense 2-1 Desp. Cabrela
Alcaçovense 0-2 Santana do Campo
Fazendas do Cortiço 0-1 Luso Morense
Outeiro 3-3 GDR Canaviais


Classificação
1 Luso Morense 16 (2ª Fase)
2 Brotense 15  (2ª Fase)
3 Valenças 10 *
4 Santana do Campo 10 *
5 GDR Canaviais 7 *
6 Fazendas do Cortiço 6 *
7 Desp. Cabrela 3 *
8 Outeiro 1
9 Alcaçovense 0 *

* Menos 1 Jogo

-------------------------------

2ª Divisão B
JORNADA 6
 2009-11-29
Bairro Santo Antonio 2-1 Vera Cruz
Aldeense 2-0 Azarujense
Estremoz 1-0 São Romão
Corval 0-1 Perolivense
Rosário 2-0 São Manços


Classificação
1 Perolivense 16  (2ª Fase)
2 Estremoz 14  (2ª Fase)
3 Aldeense 10
4 São Romão 10
5 Bairro Santo Antonio 10
6 Rosário 7
7 Corval 6
8 São Manços 6
9 Azarujense 3
10 Vera Cruz 3


sábado, 28 de novembro de 2009

Goooooooollllllooo...ups, afinal não


Não é inédito, mas dá para os adeptos da equipa que ataca puxarem os próprios cabelos, enquanto os adversários sorriem de escárnio. Aconteceu em Inglaterra, país do futebol, na League Two (quarto escalão), num jogo entre o Bury e o Notts County, esse mesmo que tem como director Sven Goran Eriksson.
Não foi, no entanto, nenhum jogador escolhido pelo sueco quem protagonizou o lance mais insólito do fim-de-semana inglês. Danny Nardiello estreou-se pelo Bury e até marcou um golo logo aos nove minutos. O jogo ficaria 3-3, mas o golo-interrompido que ficou na história da partida.

Num contra-ataque, Danny Nardiello arrancou para a área visitante e fez a bola passar por Kasper Schmeichel. Sim, filho de Peter, campeão europeu pela Dinamarca e pelo Manchester United; campeão português pelo Sporting.

Ora, como se dizia, Danny Nardiello tinha feito a bola passar pelo guarda-redes. Os adeptos da casa gritavam golo, já festejavam, mas bom, o melhor mesmo é ver o vídeo...




O árbitro sensível: expulsa os jogadores, mas faz-lhes um carinho

Aconteceu nas divisões inferiores da Argentina. No jogo entre o Sociedad Sportiva Devoto e o Bernardino Rivadavia, um defesa da segunda equipa evitou um golo do adversário com a mão. O árbitro não teve outra hipótese se não expulsá-lo.
Ricardo Pelleiter não é um árbitro qualquer. Numa função em que muitos colegas são acusados de prepotência, o juiz argentino sabe expulsar um jogador com sensibilidade. Faz-lhe um carinho, abraça-o, mostra o vermelho quase sem energia. Para não ferir susceptibilidades.

Veja o vídeo aqui

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Futebol - AF Évora - Arcos recebe E.V.Novas

Divisão de Honra
JORNADA 6
Arcoense 29/11 E V. Novas
Giesteira 29/11 Redondense
Oriolenses 29/11 O Calipolense
Monte Trigo 29/11 Santiago Maior
Arraiolense 29/11 Borbense
Bencatelense 29/11 Escouralense
Sp. Viana 29/11 Portel


1ª Divisão A
JORNADA 6
Brotense 28/11 Desp. Cabrela
Alcaçovense 28/11 Santana do Campo
Fazendas do Cortiço 28/11 Luso Morense
Outeiro 28/11 GDR Canaviais



1ª Divisão B
JORNADA 6

Bairro Santo Antonio 29/11 Vera Cruz
Aldeense 29/11 Azarujense
Estremoz 29/11 São Romão
Corval 29/11 Perolivense
Rosário 29/11 São Manços

Futebol - 2ª Divisão - Reguengos com deslocação até Lagoa

2ª Divisão Centro
JORNADA 9
Monsanto 29/11 Praiense
Pampilhosa 29/11 Arouca
Ac. Viseu 29/11 Clube Operário
Marinhense 29/11 Mafra
Tourizense 29/11 Sertanense
UD Serra 29/11 Tondela
Esmoriz 29/11 Vitória do Pico
Oliv. Bairro 29/11 Eléctrico 




2ª Divisão Sul
JORNADA 9

Louletano 29/11 Pinhalnovense
Lagoa 29/11 At. Reguengos 
Real 29/11 Aljustrelense 
Marítimo B 29/11 Santana
U. Madeira 29/11 Atlético
Pontassolense 29/11 Igreja Nova
Est. Amadora 29/11 Odivelas
Oriental 29/11 Camacha

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Clubes com História: Sancristovense








O Grupo União Sport Sancristovense, foi fundado em 25 de Novembro de 1930, por Avelino Lemos Patrício, Albino José Tourinho, Henrique Teles Quenino, José Francisco de Carvalho, José Ferreira Santos, Joaquim Vacas Banha, Joaquim Manuel Miradouro, Manuel Simões, Marcelino José Maduro, Manuel Vacas Banha, Tertuliano Mendes Carvalho e Vicente Borges Vacas.

A sede do Grupo União Sport Sancristovense, é e sempre foi na Rua São João de Deus N.º 21 em São Cristóvão, Concelho de Montemor-o-Novo.

Como todas as colectividades do país, depois de construída a sede começaram a receber inscrições de sócios, havendo registos de cerca de 120 sócios no ano de 1935.

Eram com esses sócios que se constituía as equipas de futebol, que participavam em jogos amigáveis e torneios regionais, conquistando algumas taças e troféus, que ainda hoje podem ser vistos na nossa sede. Foi também no dia 15 de Dezembro de 1935, que foi fundado o Grupo de Jazz “Alma e Vida”, pelo professor António Roma.

Na altura da sua fundação faziam parte, José Pinto – Flauta, Manuel Rodrigo Bento – Violino, Francisco João Maçarico – Banjo, Joaquim Tripa Santos – Bandolim, Eufrázia Corte Real Simões – Professora e Madrinha, António Carvalho – Viola, Albino José Tourinho – Bateria e Vocalista, Anselmo Neves – Banjo, Joaquim Vacas – Clarinete, Augusto Quintas – Clarinete, Sebastião Maduro – Trombone e António Roma – Trompete e Maestro.

Provavelmente, outros nomes terão passado por este Grupo de Jazz, mas infelizmente não temos registos deles. Segundo o nosso sócio n.º 4, Custódio Manuel Alturas, de 84 anos, residente em São Cristóvão, este Grupo de Jazz surgiu com o apoio do Grupo União Sport Sancristovense, que lhes ofereceu a farda, constituída por uma camisa cor-de-laranja, e calças pretas. Forneceu-lhes também os instrumentos, Flauta, Violino, dois Banjos, Bandolim, Viola, Bateria, dois Clarinetes, Trombone e Trompete.

Este Grupo de Jazz era encarado pela população como algo que veio dinamizar e alegrar a aldeia, sendo para a mesma um motivo de orgulho. Em 1941, após várias actuações, o Professor António Roma que residia no Torrão, decide ir morar para Montemor-o-Novo e assim deixa o Grupo de Jazz, o que levou à sua paragem por 7 anos.

Em 1948 um novo Grupo regressa às actuações, mas desta vez o Professor e Maestro é um dos elementos do primeiro Grupo, Francisco Maçarico, findando em 1951 devido a actividades já existentes que se impuseram tais como o Futebol e o Teatro que também já existia nessa altura. Uma vez que o Grupo União Sport Sancristovense, não tinha meios financeiros para suportar todas as actividades, acabou por morrer a nossa banda de Jazz “Alma e Vida”.

Alguns dos membros da Banda de Jazz, ficaram ligados ao Grupo de Teatro, fazendo o acompanhamento musical durante as peças.

Entretanto o Futebol continuou como actividade principal do clube, repartido entre encontros amigáveis e Torneios Regionais. Existem registos da inauguração do novo Campo de Futebol em 1966, que recentemente foram publicados num livro do Grupo União Sport (Montemor-o-Novo), que aqui transcrevemos:


“No dia 1 de Novembro de 1966, deslocou-se a São Cristóvão a equipa do Grupo União Sport (Montemor-o-Novo), a convite do Grupo União Sport Sancristovense, para a referida inauguração.

Antes do início do jogo, e com as equipas alinhadas, foi guardado um minuto de silêncio, à memória de Martinho Mouzinho Almadanim, que parecera em defesa da Pátria, na província ultramarina de Angola.

Esta homenagem póstuma, foi repetida na sede do Grupo União Sport Sancristovense, por solicitação do Presidente da Direcção do Grupo União Sport (Montemor-o-Novo), Sr. Luís Catarino, que após este acto, teve algumas palavras elogiosas pela maneira como os montemorenses foram recebidos.

Seguidamente, o Presidente do Grupo União Sport Sancristovense, Sr. António Manuel Ovelheira, agradeceu a colaboração do União de Montemor, assim como também pela maneira correcta como todos os seus atletas e acompanhantes se comportaram.

Este Campo de Futebol, que é propriedade do Exmo. Sr. Eng.º João Rafael Mouzinho Almadanim, foi gentilmente cedido por este Senhor, para a prática do Futebol nesta aldeia, e se a festa da referida inauguração não teve aquele brilho que todos desejávamos, foi simplesmente pela razão da perda do malogrado Martinho Mouzinho, cuja ilustre família e seus antepassados estão desde há muito ligados a todos os actos praticados nesta aldeia.

Vamos agora fazer uma pequena resenha, do jogo disputado pelas duas equipas.

Eram 15 horas quando se deu início à partida sob a arbitragem de Joaquim Gamaliel, auxiliado por José Pereira e Garibaldino Maduro, tendo as equipas alinhado da seguinte forma:

Grupo União Sport (Montemor-o-Novo): Manuel João, Facas Emílio, Mamede, Júlio Gatinho e Ribeiro; Bibe e Nunes; Adriano, Júlio Maia, Rocha e Deca.
Na segunda parte entraram: Cacilhas, Caixinha e Rogério.

Grupo União Sport Sancristovense: José Luís, Mariano, Almodôvar, Alexandre e Maçarico; António Artur e Ricardo; António Luís, Bexiga, António José e Mariano.

O jogo principiou com grande entusiasmo, principalmente pelo lado dos visitados, que se multiplicaram em energias, mas o Montemor, acautelando sempre a sua defesa, conseguiu que o resultado se mantivesse nulo ao fim dos 45 minutos iniciais.

O Montemor, que tinha disposto no terreno o 4x2x4 na primeira parte, alterou o seu sistema para 3x4x3, mandando adiantar no terreno, Ribeiro.
Desde essa altura, começou a ver-se o Montemor mais à ofensiva, conseguido com naturalidade obter dois tentos.

Tiveram mais algumas perdidas, as quais só não se concretizaram, por manifesta falta de pontaria dos seus dianteiros.

Os visitados beneficiaram de uma grande penalidade que não aproveitaram, porque o encarregado da sua transformação atirou à figura do guarda-redes.

Com uma arbitragem a todos os níveis aceitáveis, o encontro terminou com o resultado de 2-0 favorável aos montemorenses.

Na equipa da casa, temos a salientar todos os jogadores, pelo empenho posto na luta. Nos montemorenses, todos mais ou menos cumpriram.

Depois do jogo, foi oferecido pela Direcção do Grupo União Sport Sancristovense, um lanche a todos os jogadores e dirigentes, dando ensejo a um bom momento de confraternização entre todos.”

Neste ano de 1966 o Grupo União Sport Sancristovense tinha já registados 150 sócios. Por esta altura a sua actividade concentrava-se no Futebol, Teatro e realização dos tradicionais Bailes. Estas festividades eram à altura sempre motivo de grande festa e convívio entre os sócios e tinham um importância fundamental na vivência da comunidade. Por estes anos são também feitos melhoramentos na sede e adquiridos equipamentos como por exemplo uma mesa de bilhar que ainda hoje está em funcionamento.

Infelizmente, por falta de pessoas para representar e encenar extingui-se em 1985 o Grupo de Teatro do G.U.S.S. Em termos de infrastruturas, foram feitas grandes obras de melhoramento da sede e construção do 1.º andar, assim com a aquisição de uma mesa de Snooker e uma mesa de Ténis de Mesa. O G.U.S.S. contava nesta altura nesta altura com cerca de 300 sócios.

Referir a direcção que o fez?

A partir dessa altura o Futebol passou a ser a única actividade do Grupo União Sport Sancristovense, para alem dos Bailes e da exploração do bar e restantes instações do clube. De registar alguns jogos amigáveis e torneios regionais, assim como o que passou a ser muito tradicional durante alguns anos, que eram os jogos de Futebol, “Solteiros-Casados”.

Em 1990 é construída mais uma grande obra para o Grupo União Sport Sancristovense, o Campo de Tiro aos Pratos, com a gentil oferta do terreno da Exma. Sra. D. Elvira Almadanim de Siqueira, com o apoio da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo e com diversas ajudas de variados sócios e outros, construiu-se aquele que é hoje o Campo de Tiro D. Elvira Almadanim de Siqueira, com a inauguração a ser feita a 10 de Junho de 1990, com a presença da Exma. Sra. D. Elvira Almadanim de Siqueira, encontrando-se ainda hoje em plena actividade com a realização de alguns Torneios, mas principalmente para treinos, funcionando habitualmente todos os sábados entre os meses de Abril e Setembro, sendo também um sítio muito bom para ir simplesmente tomar uma bebida ou apreciar as vistas, uma vez que existe um bar com esplanada.

Em 1993, o Grupo União Sport Sancristovense, participa pela primeira vez no Campeonato de Futebol Distrital do INATEL, onde tem participado até aos dias de hoje, conquistando dois Prémios de Disciplina nas épocas de 1993/94 e 1994/95 e tendo-se sagrado Vice-Campeão nas épocas de 1997/98 e 1998/99.

No presente ano (2006), renasceu o Grupo de Teatro, com a ajuda de um sócio que se tornou o nosso encenador, o Sr. Francisco Águas, ao qual demos o nome de “Núcleo Alma e Vida”, em homenagem à antiga Banda de Jazz.

A inauguração deste espaço na internet também em 2006 é mais uma passo na vida desta colectividade, que abraçamos com o entusiasmo de sempre.

Em termos de actividades, temos neste momento a nossa equipa de Futebol, a participar no Campeonato Distrital do INATEL, o nosso Grupo de Teatro “Núcleo Alma e Vida” em actividade o Campo de Tiro aos Pratos a funcionar, continuamos a realizar diversos Bailes e temos a nossa sede um Bar ao dispôr dos Sócios, aberto todos os dias a partir das 20 horas. Resta acrescentar que actualmente o Grupo União Sport Sancristovense, regista 365 Sócios.

NOTA: Este texto é de autoria do Sr. Sérgio Filipe Rainho Chorado, actual Presidente do Grupo União Sport Sancristovense no ano de 2006. A pesquisa foi feita através de alguns livros de registos existentes no arquivo do Grupo União Sport Sancristovense e por relatos de alguns sócios mais velhos. Embora o seu autor assuma toda a responsabilidade deste texto, pedimos desde já desculpa, caso haja algum engano em relação aos nomes aqui escritos ou a datas referidas. Nessa eventualidade, agradecemos que entrem em contacto com a Direcção do Grupo União Sport Sancristovense, afim de esclarecer a situação.

domingo, 22 de novembro de 2009

Futebol - AF Évora - Outeiro perde por 11-0 !!!

Divisão de Honra
JORNADA 5
 2009-11-22
Redondense 2-0 Arcoense
O Calipolense 4-1 Giesteira
Santiago Maior 1-0 Oriolenses
Borbense 0-4 Monte Trigo
Escouralense 3-2 Arraiolense
Portel 2-1 Bencatelense
E.V. Novas 2-0 Sp. Viana



Classificação
1 E.V. Novas 15 (Promoção)
2 Monte Trigo 13
3 Santiago Maior 9
4 Redondense 8
5 Sp. Viana 8
6 Oriolenses 7
7 Escouralense 7
8 Portel 7
9 Borbense 7
10 Giesteira 6
11 O Calipolense 5
12 Bencatelense 4
13 Arraiolense 1
14 Arcoense 1 (Despromoção)

---------------------

1ª Divisão A
JORNADA 5
2009-11-21
Santana do Campo 0-1 Brotense
Luso Morense 1-0 Alcaçovense
Valenças 2-0 Fazendas do Cortiço
Desp. Cabrela 11-0 Outeiro
Descansa: Canaviais

Classificação
1 Luso Morense 13 (2ª Fase)
2 Brotense 12 (2ª Fase)
3 Valenças 10
4 Santana do Campo 7 *
5 GDR Canaviais 6 *
6 Fazendas do Cortiço 6 *
7 Desp. Cabrela 3 *
8 Alcaçovense 0 *
9 Outeiro 0

* Menos 1 Jogo

--------------------------

1ª Divisão B
JORNADA 5
2009-11-22
Azarujense 2-4 Bairro Santo Antonio
São Romão 0-2 Aldeense
Corval 1-1 Estremoz
Vera Cruz 1-0 Rosário
Perolivense 4-1 São Manços


Classificação
1 Perolivense 13 (2ª Fase)
2 Estremoz 11 (2ª Fase)
3 São Romão 10
4 Aldeense 7
5 Bairro Santo Antonio 7
6 Corval 6
7 São Manços 6
8 Rosário 4
9 Azarujense 3
10 Vera Cruz 3

Futebol - 3ª Divisão F - Jogo Antecipado

Juv.Évora 2 -0  C.Piedade



Classificação
1 Pesc. Caparica 22
2 Juv. Évora 20 *
3 Farense 15
4 BeiraMar Alg. 13
5 Cova da Piedade 13 *
6 Quarteirense 10
7 Esp. Lagos 9
8 Fabril Barreiro 9
9 Lusit. Évora 9
10 Moura 5
11 Castrense 4
12 U. Montemor 3


* Mais 1 Jogo

sábado, 21 de novembro de 2009

40 vergastadas e 13 euros de multa para jogador alcoolizado


Stephen Worgu, jovem goleador nigeriano, volta a ser notícia, desta vez pelos piores motivos. O avançado joga no al-Merreikh dOmdurman, do Sudão, e foi apanhado a beber álcool. Um crime por si só, pelos costumes locais. Pior que isso, foi apanhado a conduzir embriagado.
Contas feitas, segundo fontes policiais, Worgu foi condenado a 40 vergastadas, cerca de 13 euros de multa por ingerir álcool e cerca de 53 euros por conduzir sob o efeito de álcool. O nigeriano foi apanhado pela polícia a 21 de Agosto, em Cartum, na capital do Sudão.

Jornalista arrependido come a própria crítica


Um jornalista do «Chicago Tribune» decidiu comer papel de jornal! E não foi uma folha qualquer! Rick Morrissey comeu a folha em que estava impressa uma crítica sua, escrita em 2007. Arrependido do que escreveu sobre um basquetebolista, o repórter decidiu penitenciar-se.
O caso remonta a Junho de 2007. No habitual «draft» da NBA os Chicago Bulls garantiram a contratação de Joakim Noah, então com 22 anos. Rick Morrissey decidiu escrever na sua coluna que este jovem era uma má escolha, e que nunca seria um jogador de elevado nível. Mais: prometeu que, caso se enganasse, iria comer a folha de jornal em que foi impressa a sua coluna, com salsa. Dois anos depois teve de cumprir a promessa!

As boas exibições de Noah derrubaram por inteiro a crítica de Morrissey, e o jornalista decidiu cumprir a sua palavra. «Supervisionado» pelo basquetebolista, comeu a folha de jornal.
Um jornalista do «Chicago Tribune» decidiu comer papel de jornal! E não foi uma folha qualquer! Rick Morrissey comeu a folha em que estava impressa uma crítica sua, escrita em 2007. Arrependido do que escreveu sobre um basquetebolista, o repórter decidiu penitenciar-se.
O caso remonta a Junho de 2007. No habitual «draft» da NBA os Chicago Bulls garantiram a contratação de Joakim Noah, então com 22 anos. Rick Morrissey decidiu escrever na sua coluna que este jovem era uma má escolha, e que nunca seria um jogador de elevado nível. Mais: prometeu que, caso se enganasse, iria comer a folha de jornal em que foi impressa a sua coluna, com salsa. Dois anos depois teve de cumprir a promessa!


sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Futebol - 3ª Divisão - Jogo Antecipado

O jogo a contar para o Campeonato Nacional da 3ª divisão Série F entre o JUVENTUDE DE ÉVORA e o Cova da Piedade que abre a 2ª volta da competição foi antecipado para dia 22 de Novembro de 2009 pelas 15h no Estádio de Sanches de Miranda.

Futebol - AF Évora - Jogos para o fim de semana

Divisão de Honra
JORNADA 5
Redondense 22/11 Arcoense
O Calipolense 22/11 Giesteira
Santiago Maior 22/11 Oriolenses
Borbense 22/11 Monte Trigo
Escouralense 22/11 Arraiolense
Portel 22/11 Bencatelense
E.V. Novas 22/11 Sp. Viana



1ª Divisão A
JORNADA 5
Santana do Campo 21/11 Brotense
Luso Morense 21/11 Alcaçovense
Valenças 21/11 Fazendas do Cortiço
Desp. Cabrela 21/11 Outeiro


1ª Divisão B
JORNADA 5
Azarujense 22/11 Bairro Santo Antonio
São Romão 22/11 Aldeense
Corval 22/11 Estremoz
Vera Cruz 22/11 Rosário
Perolivense 22/11 São Manços

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Aniversário do U.Montemor


domingo, 15 de novembro de 2009

Futebol - AF Évora - Resultados da 2ª Eliminatória da Taça Distrito de Évora

2ª Eliminatória
15/11/2009
Estremoz 7 - 2 S.B.Outeiro
 Santiago Maior 0 - 2 Redondense 
 Perolivense 0 - 2 Arcoense 
 Estrela Vendas Novas 3 - 2 Monte Trigo
 Escouralense 2 - 0 Giesteira
 Portel 2 - 0 Arraiolense
 Oriolenses 3 - 0 Santo António

Não se jogou - Rosário - Aldeense/Morense

Futebol - 3ª Divisão - U.Montemor conquista primeiros pontos

3ª Divisão E
JORNADA 8
 2009-11-15
Caldas 1-3 Alcochetense
Ol. Moscavide 0-3 Sintrense
Gavionenses 1-1 Portomosense
1º Dezembro 0-1 Oeiras
Torreense 1-0 At. Tojal



Classificação
1 Casa Pia 17 (-1 Jogo) (G.Promoção)
2 At. Tojal 15 (G.Promoção)
3 Torreense 14 (G.Promoção)
4 Sintrense 13 (G.Promoção) 
5 Alcochetense 13 (G.Promoção)
6 Oeiras 12 (G.Promoção)
7 1º Dezembro 9 (G.Despromoção)
8 Peniche 9 (-1 Jogo) (G.Despromoção)
9 Caldas 9 (G.Despromoção)
10 Portomosense 8 (G.Despromoção)
11 Ol. Moscavide 5 (G.Despromoção)
12 Gavionenses(G.Despromoção)


----------------------------------------



3ª Divisão F
JORNADA 8
 2009-11-15

Quarteirense 1-1 Cova da Piedade
Pesc. Caparica 1-0 Fabril Barreiro
Juv. Évora 1-0 Castrense
Moura 0-0 BeiraMar Alg.
U. Montemor 1-0 Lusit. Évora
Esp. Lagos 0-1 Farense



Classificação
1 Pesc. Caparica 22  (G.Promoção)
2 Juv. Évora 17  (G.Promoção)
3 Farense 15  (G.Promoção)
4 BeiraMar Alg. 13 (G.Promoção)
5 Cova da Piedade 13  (G.Promoção)
6 Quarteirense 10  (G.Promoção)
7 Esp. Lagos 9  (G.Despromoção)
8 Fabril Barreiro 9 (G.Despromoção)
9 Lusit. Évora (G.Despromoção)
10 Moura 5  (G.Despromoção)
11 Castrense 4  (G.Despromoção)
12 U. Montemor 3  (G.Despromoção)

Futebol - 2ª Divisão - Eléctrico com vitória importante na Ilha do Pico

2ª Divisão Centro
Jornada 8
2009-11-15
Monsanto 1-0 Oliv. Bairro
Praiense -  Pampilhosa (Adiado)
Arouca 1-0 Ac. Viseu
Operário 3-0 Marinhense
Mafra 1-2 Tourizense
Sertanense 0-0 UD Serra
Tondela 0-1 Esmoriz
Vitória do Pico 1-2 Eléctrico




Classificação
1 Tourizense 17 (2ª Fase)
2 Arouca 14
3 Monsanto 14
4 Esmoriz 14
5 Tondela 13 (- 1 Jogo)
6 Mafra 13
7 UD Serra 12
8 Operário 11
9 Praiense 11(-1 Jogo)
10 Marinhense 11
11 Pampilhosa 9 (-1 Jogo)
12 Ac. Viseu 9 (+1 Jogo)
13 Sertanense 8 (Despromoção)
14 Eléctrico  (Despromoção)
15 Vitória do Pico 5  (Despromoção)
16 Oliv. Bairro 5  (Despromoção)


-------------------------------------



2ª Divisão Sul
Jornada 8
2009-11-15

Louletano 2-0 Oriental
Pinhalnovense 2-2 Lagoa
At. Reguengos 0-1 Real
Aljustrelense 2-0 Marítimo B
Santana - U. Madeira (Adiado)
Atlético 5-0 Pontassolense
Igreja Nova 2-2 Est. Amadora
Odivelas 2-1 Camacha


Classificação
1 Atlético 19 (2ª Fase)
2 Est. Amadora 16
3 Camacha 14
4 U. Madeira 14 (-1 Jogo)
5 Oriental 14
6 At. Reguengos 13
7 Pinhalnovense 12
8 Pontassolense 11
9 Lagoa 11
10 Louletano 10
11 Odivelas 9
12 Real 8
13 Marítimo B 8  (Despromoção)
14 Igreja Nova 6  (Despromoção) 
15 Aljustrelense  (Despromoção)
16 Santana 2 (-1 Jogo) (Despromoção)




sábado, 14 de novembro de 2009

A melhor maneira de acabar com uma entrevista

Era uma entrevista televisiva séria, daquelas de antecipação de um jogo grande. Dois jogadores falam de como querem surpreender um gigante no seu terreno, e tal. De repente, algo completamente diferente. No fundo do ecrã passa a correr alguém completamente nu.
Não era um «streaker» qualquer. Era Graham Stack, o próprio guarda-redes do Hibernian, que decidiu interromper a entrevista dos seus companheiros à BBC com um momento de «non sense». Hilariante.

«Já tínhamos acabado o treino, o trabalho sério estava feito. Só para me divertir, pensei em tirar o equipamento», contou Stack. «Alguns dos rapazes acharam que era um belo traseiro, o que é um pouco preocupante...»

Ele não sabia, mas o treinador do Hibernian tinha feito uma vez a mesma coisa. Por isso, John Hughes, que não viu a brincadeira em directo, riu-se a bandeiras despregadas quando assistiu a tudo, na TV: «Estava a ver as notícias com a minha mulher e não sabia de nada. Não conseguia parar de rir.»

Para concluir, saiba que a brincadeira de Stack não perturbou em nada o Hibernian. Antes pelo contrário. No fim-de-semana a equipa foi empatar a casa do Glasgow Rangers.




24 anos depois...é revelado o golo mais secreto de sempre

Os adeptos do Liverpool não andam muito satisfeitos com a prestação da sua equipa, mas nas últimas semanas nem tudo foram más notícias. É que foi divulgado recentemente o vídeo do golo mais secreto de sempre, apontado por um jogador dos «reds» em 1985, num jogo da Taça Liga com o Manchester United.
O autor foi Jan Molby. Este dinamarquês recuperou uma bola ainda antes da linha de meio-campo, junto à linha lateral, e foi até à entrada da área, de onde saiu o remate vitorioso. Um belo golo, que durante muitos anos só foi visto por quem estava no estádio nesse dia, por força de uma greve televisiva. 24 anos depois o próprio Jan Molby decidiu acabar com o segredo e revelou o vídeo do seu momento de inspiração.

O dinamarquês tinha em sua posse uma cassete com o lance gravado. A «prenda» foi-lhe oferecida pelo técnico Ron Atkinson, no dia do jogo, e consistia em imagens do sistema de segurança do estádio, que captaram o golo.



sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Futebol - 3ª Divisão - Derby em Montemor e Évora

3ª DIVISÃO E
JORNADA 8
Casa Pia 15/11 Peniche
Caldas 15/11 Alcochetense
Ol. Moscavide 15/11 Sintrense
Gavionenses 15/11 Portomosense
1º Dezembro 15/11 Oeiras
Torreense 15/11 At. Tojal



3ª DIVISÃO F
JORNADA 8
Quarteirense 15/11 Cova da Piedade
Pesc. Caparica 15/11 Fabril Barreiro
Juv. Évora 15/11 Castrense 
Moura 15/11 BeiraMar Alg.
U. Montemor 15/11 Lusit. Évora 
Esp. Lagos 15/11 Farense

Futebol - 2ª Divisão - Marítimo B em Aljustrel

2ª DIVISÃO CENTRO
JORNADA 8
Monsanto 15/11 Oliv. Bairro
Praiense 15/11 Pampilhosa
Arouca 15/11 Ac. Viseu
Operário 15/11 Marinhense
Mafra 15/11 Tourizense
Sertanense 15/11 UD Serra
Tondela 15/11 Esmoriz
Vitória do Pico 15/11 Eléctrico 



2ª DIVISÃO SUL
JORNADA 8
Louletano 15/11 Oriental
Pinhalnovense 15/11 Lagoa
At. Reguengos 15/11 Real
Aljustrelense 15/11 Marítimo B
Santana 15/11 U. Madeira
Atlético 15/11 Pontassolense
Igreja Nova 15/11 Est. Amadora
Odivelas 15/11 Camacha

Futebol - AF Évora - 2ª Eliminatória da Taça Distrito de Évora

2ª Eliminatória
15 de Novembro
Estremoz - Outeiro
Estrela - Monte Trigo
Perolivense - Arcoense
Rosário - Aldeense/Morense*
Escouralense - Giesteira
Oriolense - Bairro Sto António
Santiago Maior - Redondense

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Atl.Reguengos - Um pouco de história/Basquetebol

Provavelmente, no século passado, na década de 50 foi feita a primeira tentativa, algo tímida, para introduzir o Basquetebol em Reguengos de Monsaraz que, infelizmente não resultou.

A modalidade não conseguiu singrar naquela altura, talvez por falta de condições (campo de terra batida, bolas, tabelas e equipamento menos adequados, etc.) mas também devido à menor divulgação e expansão que este jogo tinha em Portugal.

Mais tarde, em Julho de 1975, a modalidade dava os primeiros passos no polidesportivo da escola Primária de Reguengos, pela mão de um grande entusiasta Prof. Luís Laureano que, cativou muitos jovens para aquela prática desportiva.

Este caminhar estava alicerçado no gosto pelo Basquetebol, contudo, era uma prática muito informal, que carecia de organização, de apoio, no fundo necessitava de se integrar numa estrutura desportiva.

Em 29 de outubro de 1975 a Secção passou a estar “legalizada”, isto é, integrada num clube – o Atlético Sport Clube.

Como não havia Associação, nem outros clubes a praticarem a modalidade no Alentejo, com excepção do Lusitano, em Évora, os primeiros jogos particulares surgiram com Escolas e Liceus (Moura, Elvas, Évora, Montemor-o-Novo, etc.

Os atletas da Secção continuava a treinar na Escola Primária, também no pequeno ginásio do A.S.C. e a efectuar estes esporádicos contactos fora de casa, utilizando para o efeito uma velha carrinha do Atlético.

Começava nessa altura um grande movimento de apoio da D.G., que fornecia material (bolas, tabelas).

O número de atletas ia crescendo e, partindo de um primeiro grupo heterogéneo de idades, nascem duas equipas, uma de Juvenis (actualmente designados por cadetes), que viria brevemente a inscrever-se na Associação de Basquetebol de Setúbal e a escrever jornadas interessantes na história da Secção, e uma outra equipa mesclada de juniores e seniores, que continuava a participar em jogos e torneios particulares.

Entretanto a Secção passou a utilizar outro espaço, concretamente o ginásio da S.A.R, que tinha melhores condições (onde não chovia e havia balneários).

Dado o apoio desta colectividade, a Secção procurou estabelecer um protocolo que visava divulgar o nome da S.A.R.. Inexplicavelmente, a Direcção do Atlético de então, não o permitiu, com imensa pena dos elementos dirigentes da Secção.

Posteriormente passámos a utilizar o Campo dos Bombeiros e celebrámos então um “protocolo” com os Bombeiros, passando a utilizar a seguinte designação Atlético Sport Clube/Bombeiros Voluntários de Reguengos de Monsaraz (abreviado A.S.C./B.V.R.M.). Este “protocolo” tinha e tem a particularidade de nunca ter sido passado ao papel, mas apenas alicerçado na palavra dos intervenientes e vigorando até aos nossos dias.

A razão do desejo desta ligação aos Bombeiros apoiava-se no facto daquela instituição nos ter aberto as portas de par em par, cedendo-nos instalações, transportes e no fundo grande carinho pelas pessoas e modalidade.

Ao longo dos anos o espaço físico da Secção passou por vários locais da Sede do A.S.C. e vários gabinetes nos Bombeiros, muitas vezes o gabinete da Direcção daquela corporação.

Actualmente temos no A.S.C. um espaço onde guardamos os equipamentos e nos Bombeiros funciona a Secção em termos administrativos.

Os transportes, para além dos citados, foram ainda carros próprios, autocarro do Atlético e carrinhas da Câmara.

Neste momento, dispomos de duas carrinhas de 9 lugares, que nos fins-de-semana percorrem todo o Alentejo e grande parte do Sul do País.

O crescimento da Secção em número de atletas, equipas e provas participadas ao nível regional e nacional tem sido muito interessante, tendo para o efeito, contado com o apoio generalizado das empresas de Reguengos, nomeadamente a CARMIM e fundamentalmente a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia de Reguengos, e de alguns ex-atletas e familiares que, como dirigentes e técnicos, de uma forma gratuita e impregnada de um espírito de bem fazer e de grande disponibilidade e generosidade têm mantido de pé esta Secção.

Movimentamos anualmente uma média de centena e meia de crianças e jovens desta terra, divididos por vários escalões.
A Secção coloca habitualmente grande número de atletas nas Selecções Regionais.


Ao longo destes anos vários atletas e técnicos têm tomado parte em Estágios Nacionais e Internacionais.

Na época de 1990/91 o Diário do Sul distinguiu este Clube, de entre todas as modalidades que se praticam no Alentejo, como Clube do Ano.

A Associação de Basquetebol do Alentejo também fez essa distinção nas temporadas de 1994/95, 1995/96 e 1997/98, e o IND na época de 2000/01 atribuiu ao Clube o Prémio Reconhecer o Mérito.

Essa distinções significaram sempre para a Secção uma responsabilidade acrescida, mas que em nada alteraram a forma de estar das pessoas responsáveis pela Secção, que procuram diariamente elevar o nome do Clube e das gentes de Reguengos e do Alentejo, visando para além das vitórias, que consideramos importantes mas, no fundo glórias efémeras, contribuir para que os nossos atletas aprendam a ser disciplinados, respeitadores, íntegros e que no futuro sejam Homens e Mulheres de quem nos possamos orgulhar.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Momentos: Juventude/Lusitano 1972

Fonte: Blog do Juv.Évora

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Lus.Évora: Complexo Desportivo da Silveirinha vai mudar de nome



O Lusitano Ginásio Clube, em Évora, já encara a estratégia de negociação para a futura designação do Complexo Desportivo da Silveirinha.

Manuel Porta, Presidente do Lusitano Ginásio Clube, admite que até ao final da presente época desportiva de 2009/2010, o Clube conseguirá concretizar as negociações já iniciadas com algumas entidades e empresas nacionais e regionais que se mostram interessadas em investir nesta nova aposta de Marketing. Além das camisolas e do Naming do Complexo Desportivo também, de futuro, será equacionado o nome das bancadas, a decoração dos veículos automóveis do clube e dos futuros campos do Complexo Desportivo.

Posto isto, o Presidente do Lusitano admite que o Complexo Desportivo da Silveriniha vai ter um nome diferente, ligado aos grupos empresariais ou empresas que obtenham maior valia com este tipo de projecção de imagem.

Entre as maiores empresas que poderão estar nesta corrida encontram-se alguns grupos empresariais portugueses e duas empresas de expressão regional uma das quais já patrocina o Futebol Juvenil do clube, o qual lembre-se, é conhecido por ser a melhor Escola de Formação de Futebol do Alentejo e das mais expressivas do Sul do País. A marca "Lusitano de Évora" é o grande potencial a ser explorado e a ser associado aos patrocinadores do clube, conseguindo uma visibilidade capaz de chegar a todos o Sul do país e ficando associados a uma marca omnipresente na cidade de Évora, a qual conta actualmente com cerca de 50.000 habitantes.

Ainda assim, Manuel Porta, enquanto não houver qualquer compromisso assumido, continua disponível para considerar novas propostas, não estando de momento vinculado às que já foram entretanto apresentadas.

O clube, dependendo do nível de envolvência do futuro patrocinador, poderá encaixar uma verba entre os € 10.000,00 a € 20.000,00 anuais, o que seria uma "lufada de ar" nos depauperados cofres do clube e mais um paço no caminho da consolidação financeira do clube.

domingo, 8 de novembro de 2009

Futebol - 3ª Divisão - Lus.Évora vence Moura (2-1) nos últimos minutos de jogo

3ª DIVISÃO E
JORNADA 7
2009-11-08
Alcochetense 2-3 Casa Pia
Sintrense 1-2 Caldas
Portomosense 0-0 Ol. Moscavide
Oeiras 3-1 Gavionenses
At. Tojal 2-1 1º Dezembro
Peniche 2-2 Torreense


Classificação
1 Casa Pia 17 (Promoção)
2 At. Tojal 15 (Promoção)
3 Torreense 11 (Promoção)
4 Sintrense 10 (Promoção)
5 Alcochetense 10 (Promoção)
6 1º Dezembro 9 (Promoção)
7 Caldas 9 (Despromoção)
8 Oeiras 9 (Despromoção)
9 Peniche 9 (Despromoção)
10 Portomosense 7 (Despromoção)
11 Ol. Moscavide 5 (Despromoção)
12 Gavionenses(Despromoção)


------------------------

3ª DIVISÃO F
JORNADA 7
 2009-11-08
Fabril Barreiro 0-0 Quarteirense
Castrense 0-1 Pesc. Caparica
BeiraMar Alg. 0-2  Juv. Évora
Lusit. Évora 2-1 Moura
Farense 2-1 U. Montemor
Cova da Piedade 3-1 Esp. Lagos



Classificação
1 Pesc. Caparica 19 (Promoção)
2 Juv. Évora 14 (Promoção)
3 BeiraMar Alg. 12 (Promoção)
4 Farense 12 (Promoção)
5 Cova da Piedade 12 (Promoção)
6 Quarteirense 9 (Promoção)
7 Esp. Lagos 9 (Despromoção)
8 Fabril Barreiro 9 (Despromoção)
9 Lusit. Évora 9 (Despromoção)
10 Moura 4 (Despromoção)
11 Castrense(Despromoção)
12 U. Montemor(Despromoção)

Futebol - 2ª Divisão - Atl.Reguengos segura ponto precioso na Madeira

2ª DIVISÃO SUL
JORNADA 7
2009-11-08
Lagoa 1-1 Louletano
Real 1-3 Pinhalnovense
Marítimo B 1-1 At. Reguengos
U. Madeira 3-0 Aljustrelense
Pontassolense 1-0 Santana
Est. Amadora 4-1 Atlético
Camacha 0-1 Igreja Nova
Oriental 0-0 Odivelas



Classificação
1 Atlético 16 (Promoção)
2 Est. Amadora 15
3 Camacha 14
4 U. Madeira 14
5 Oriental 14
6 At. Reguengos 13
7 Pinhalnovense 11
8 Pontassolense 11
9 Lagoa 10
10 Marítimo B 8
11 Louletano 7
12 Odivelas 6
13 Real 5 (Despromoção)
14 Igreja Nova 5 (Despromoção)
15 Aljustrelense (Despromoção)
16 Santana 2 (Despromoção)

Futebol - 2ª Divisão Centro - Eléctrico perde com Tondela por 1-3 e está em zona de despromoção

2ª DIVISÃO CENTRO
JORNADA 7
 2009-11-08
Pampilhosa 1-2 Monsanto
Ac. Viseu 1-0 Praiense
Marinhense 0-3 Arouca
Tourizense 1-1 Operário
UD Serra 1-0 Mafra
Esmoriz 1-0 Sertanense
Eléctrico 1-3 Tondela
Oliv. Bairro 0-1 Vitória do Pico




Classificação
1 Tourizense 14 (Promoção)
2 Tondela 13
3 Monsanto 13
4 Mafra 13
5 Arouca 11
6 Praiense 11
7 UD Serra 11
8 Esmoriz 11
9 Marinhense 11
10 Ac. Viseu 9
11 Pampilhosa 8
12 Operário 8
13 Vitória do Pico 7 (Despromoção)
14 Sertanense 7 (Despromoção)
15 Eléctrico(Despromoção)
16 Oliv. Bairro 4 (Despromoção)



Futebol - AF Évora - E.V.Novas continua imparável

DIVISÃO DE HONRA
JORNADA 4
 2009-11-08
Redondense 1-3 E.V. Novas
Arcoense 1-1 O Calipolense
Giesteira 2-0 Santiago Maior
Oriolenses 4-1 Borbense
Monte Trigo 3-0 Escouralense
Arraiolense 1-1 Portel
Bencatelense 1-1 Sp. Viana


Classificação
1 E. V. Novas 12 (Promoção)
2 Monte Trigo 10
3 Sp. Viana 8
4 Oriolenses 7
5 Borbense 7
6 Giesteira 6
7 Santiago Maior 6
8 Redondense 5
9 Bencatelense 4
10 Escouralense 4
11 Portel 4
12 O Calipolense 2
13 Arraiolense 1
14 Arcoense 1 (Despromoção)

---------------------

1ª DIVISÃO A
JORNADA 4
 2009-11-08
Brotense 0-3 Luso Morense
Alcaçovense 1-5 Valenças
GDR Canaviais 1-0 Desp. Cabrela


Classificação
1 Luso Morense 10 (Promoção)
2 Brotense 9 (Promoção)
3 Valenças 7
4 GDR Canaviais 6
5 Fazendas do Cortiço 6
6 Santana do Campo 4
7 Desp. Cabrela 0
8 Alcaçovense 0
9 Outeiro 0


-----------------------------------


1ª DIVISÃO B
JORNADA 4
 2009-11-08
Bairro Santo Antonio 1-1 São Romão
Aldeense 0-0 Corval
Estremoz 0-0 Perolivense
Rosário 1-0 Azarujense
São Manços 3-2 Vera Cruz

Classificação
1 Estremoz 10  (Promoção)
2 Perolivense 10  (Promoção)
3 São Romão 10
4 São Manços 6
5 Corval 5
6 Aldeense 4
7 Rosário 4
8 Bairro Santo Antonio 4
9 Azarujense 3
10 Vera Cruz 0


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...