segunda-feira, 31 de maio de 2010

Projecto AlentejoSport em evolução ...

O projecto AlentejoSport informa que foram lançados os seguintes espaços:


AlentejoSport - Dedicado ao desporto praticado no Alentejo.


AlentejoSport2 - Base de dados sobre o desporto praticado no Alentejo.


AlentejoSport3 - Dedicado às Selecções Nacionais e Competições Europeias.



O e-mail mudou para  alentejosport123@gmail.com

Lusitano de Évora: Até o futebol sénior pode acabar

Seja sinal dos tempos, seja por maior conveniência de ambas as partes, a entrevista com o presidente do Lusitano é feita no seu escritório de advogados que há anos tem porta aberta ali perto do Largo de Camões, paredes meias com a rua de Avis.
É o presidente do clube, Manuel Porta, quem escolhe o local. Por uma questão de tempo agrada certamente mais a ambos que entrevista ali se faça, sem haver necessidade de irmos à Herdade da Silveirinha, actual casa do Lusitano após abandono do Campo Estrela. A verdade é que a Silveirinha fica a quatro quilómetros de Évora. É longe? De forma alguma. Mas por uma questão de tempo, de jeito, quiçá, é melhor aqui na cidade.
Sentado na sua secretária, carregada de códigos e, presumo, processos nos quais trabalha, é o próprio presidente Manuel Porta que hoje me diz ter sido a Silveirinha factor decisivo para a desmotivação dos lusitanistas. Para mais, o clube caíu agora da III Divisão para os distritais. Nos últimos seis anos “voaram” três milhões de euros dos cofres. O clube está atolado em dívidas.


O Lusitano de Évora acaba de ser despromovido aos regionais. Neste momento é o único lugar a que pode aspirar este histórico clube da cidade que já viveu entre os maiores?
A actual direcção herdou uma pesada herança e o Lusitano está neste momento a braços com uma grave crise económica, financeira e estrutural ao ponto de eu poder dizer que o Lusitano hoje não tem sequer património. Há uma expectativa jurídica de criação de um património na Herdade da Silveirinha e construção de um complexo desportivo que tem sofrido as mais variadas vicissitudes. Hoje não termos sequer dinheiro para continuar a sua construção.
Com muito esforço e com muitos sacrifícios vamos tentar construir na Silveirinha um relvado sintético para futebol de onze, outro para futebol de sete. Estamos s estudar orçamentos e esperamos com isso dinamizar a vida do Lusitano.

O futuro passa por aí?
A situação é muito grave e preocupa-nos muito mais aquilo que nos deixaram do que propriamente o que temos ou possamos construir na Silveirinha. O Lusitano é um clube com um historial muito grande, mas como lhe disse, atravessa uma grave crise.

É assim tão grave?
O Lusitano tem hoje dívidas superiores a 240 mil euros o que, não sendo muito dinheiro, é demasiado para um clube desta dimensão. É isso que nos preoucupa. Estamos a analisar a situação com as reduzidas receitas que temos. A autarquia não tem cumprido com o clube o contrato-programa de desenvolvimento do desporto. Não há patrocinadores devido a alguma desconfiança resultante de má gestão de anteriores direcções.
Tudo isto significa tão poucas receitas que nos deixa sérias dúvidas sobre o futuro imediato do clube. Esta é a grande verdade e de tal forma que ainda esta semana, em reunião de direcção, concluímos ser até difícil prognosticar a existência de uma equipa de futebol sénior para a próxima época.

É possível a desistência do Lusitano?
Estamos ainda a analisar a situação. Temos algumas iniciativas em marcha na tentativa de angariar algumas receitas. Provavelmente vamos conseguir, embora com muito esforço. Mas não pomos ainda de parte a ideia de abandonarmos o futebol sénior durante o tempo que for necessário para credibilizar o clube e viabilizá-lo económica e financeiramente.

Estamos a dias de uma Assembleia Geral. A tónica do seu discurso não é também uma forma de fazer soar os alarmes, de chamar os lusitanistas à razão?
Isto não é um alarme. É uma realidade muito séria. Os sócios têm, em simultâneo, o direito e o dever de tomar conhecimento da situação para que se juntem à actual direcção e nos ajudem. Há uma grande necessidade de dar a conhecer a situação por que passa o clube. Este é o clube mais representativo de Évora e seria com grande pena nossa que deixaríamos cair o Lusitano cessando as suas actividades mais relevantes no campo desportivo.

Há centenas de miúdos a jogar futebol no Lusitano. Já pensou num clube exclusivamente dedicado à formação nessa fase a que chama de credibilização?
No cenário actual é de admitir que isso venha a acontecer, porque a formação desportiva no Lusitano é das melhores no sul do país e deixo aqui um agradecimento público a todos os que ali trabalham. Ainda este fim de semana a equipa de juniores se sagrou campeã distrital jogando no ano que vem nos nacionais.

A opção não pode passar pelo aproveitamento dos jovens para a equipa sénior?
É umas das vias se não tivermos possibilidades de construir uma equipa sénior com valor. No entanto, reconheçamos que esses jovens, numa equipa sénior, podem não dar ao Lusitano aquela competitividade capaz de nos catapultar para os lugares cimeiros.

É então preferível acabar em vez de ter uma equipa que não seja digna da camisola, da história do clube…
Para andarmos a peregrinar nesse campeonato distrital a obter resultados que nos envergonhem é preferível deixarmos os séniores e dedicarmos-nos de alma e coração à formação.

Precisamente há quatro anos estava aqui a Selecção a estagiar para o Mundial. O Lusitano fazia o negócio da Silveirinha apontado como uma grande oportunidade de revitalização do clube. O que é que correu mal?
Posso dizer-lhe, porque hoje conheço bem o processo: esse negócio foi altamente ruinoso para o clube. Primeiro porque a saída do Campo Estrela para a Silveirinha criou grande desmotivação para a massa associativa. Depois, os nossos patrocinadores que tinham um local que garantia uma visibilidade muito grande, deixaram de a ter. A Silveirinha não dá isso aos nossos patrocinadores.

Porque está longe?
Sim, porque hoje o campo de futebol está a quatro quilómetros da cidade e antes estava quase no centro. Mas eu ainda me conformaria com a saída para a Silveirinha se os proveitos, o dinheiro recebido nesse negócio imobiliário tivesse sido bem aplicado.

Isso não aconteceu?
Não. As anteriores direcções gastaram tudo quanto havia para gastar e deixaram o clube cheio de dívidas.

Gastaram em quê?
Pois, essa questão deixa-nos embaraçados, porque nós não sabemos onde foi gasto esse dinheiro. Não foram feitos quaisquer investimentos e gastou-se em seis anos, entre esse dinheiro recebido do negócio imobiliário, os patrocínios, as receitas da quotização, uma quantia superior a três milhões de euros. Mais de 600 mil contos em moeda antiga.

Nenhum desse dinheiro serviu para desenvolver o clube? Pagar eventuais dívidas?
Curiosamente, durante esse período foram contituídas mais dívidas ao ponto de hoje o Lusitano dever à Segurança Social, a vários credores particulares, ao Fisco. Um mundo de dívidas que nos deixa sérias preocupações. Inclusivamente a quota de 20 por cento que o Lusitano tem na Evourbe, decorrente do negócio imobiliário, está hipotecada pela Segurança Social.

É possível responsabilizar as pessoas das anteriores direcções?
A questão da responsabilização das pessoas que gastaram esse dinheiro é muito delicada. Eu como advogado não me atreveria a acusar fosse quem fosse de actos de natureza ou de índole criminal. Agora há uma coisa que nós podemos dizer: houve manifesta negligência nas últimas gerências deste clube. Como foi possível receber tanto dinheiro e ficar sem nada para sequer fazer uma obra na Silveirinha sem ficarmos em favor?

É possível contornar esta situação?
É muito difícil. A venda de todo o património, do Campo Estrela e dos anexos, já foi objecto de escritura pública de compra e venda. Não temos possibilidade de inverter os acontecimentos. Por outro lado, temos uma expectativa jurídica de vir a ter um complexo, mas que neste momento também…

Quando fala nessa possibilidade jurídica isso significa que o complexo da Silveirinha possui um ónus, não pertence na totalidade ao Lusitano?
Neste momento o complexo da Silveirinha não é património do Lusitano. Tudo aquilo ainda está em nome da Evourbe que é a entidade com quem o Lusitano negociou todo o seu património. Como lhe dizia de início, não temos património. Nenhum. Essa é a grande verdade. Tudo foi construído sobre o joelho. Aquilo foi uma feira de vaidades quando da vinda da Selecção que levou ao envolvimento da Câmara de Évora, a direcção do Lusitano, a Federação. Hoje tenho a certeza que quando cá cheguei houve deliberada intenção de me esconderem os pormenores desse negócio.

E os sócios do Lusitano? Eles podiam ter impedido o negócio.
Essa é uma situação melindrosa. Os sócios poderiam ter impedido a venda do património, sim. Mas o que é verdade é que a venda foi aprovada em Assembleia Geral por 47 sócios, vinte e muitos eram apaniguados da direcção que lá estava. Eu sem considerar que haja uma incompatibilidader para venda de património, uma vez que os estatutos do clube não prevêm a quantidade de sócios necessários para a alienação de património, acho que a venda nestas condições em nada dignificou a direcção que o fez. Isso marcará por muito anos a vida do Lusitano.

Registo

Equipas de Sempre: Monte do Trigo 2007/2008

domingo, 30 de maio de 2010

Futebol - 3ª Divisão - Terminou o Campeonato


3ª Divisão E
G.Despromoção
JORNADA 10
Última Jornada
2010-05-30

Peniche 3-0 Gavionenses
Caldas 2-3 Portomosense
Ol. Moscavide 1-1 Sintrense


Classificação
(10 Jogos)
1 Sintrense 29 
2 Caldas 29
3 Peniche 26 
4 Portomosense 24  (Despromoção) Confirmado
5 Gavionenses 21   (Despromoção) Confirmado
6 Ol. Moscavide 16   (Despromoção) Confirmado


-------------------------------------------------------------



3ª Divisão F
G.Promoção
JORNADA 10
2010-05-30

Esp. Lagos 4-0 BeiraMar Alg.
Pesc. Caparica 1-1 Juv. Évora
Farense 1-0 Cova da Piedade




Classificação
(10 Jogos)

1 Juv. Évora 43 (Promoção) Confirmado
2 Farense 35 (Promoção) Confirmado
3 Cova da Piedade 35 
4 Pesc. Caparica 30
5 Esp. Lagos 28 
6 BeiraMar Alg. 27 


----------------------------------------------------------

3ª Divisão F
G.Despromoção
JORNADA 10
 2010-05-30

Quarteirense 1-2  U. Montemor 
Fabril Barreiro 3-2  Castrense
Lusit. Évora 2-2  Moura



Classificação
(10 Jogos)

1 Fabril Barreiro 34
2 Moura 30 
3 U. Montemor 27 
4 Quarteirense 27  (Despromoção) Confirmado
5 Lusit. Évora 16  (Despromoção) Confirmado
6 Castrense 13  (Despromoção) Confirmado



Notas:
- Terminou o Campeonato Nacional da 3ª Divisão - 2ª Fase
- Juv.Évora sobe à 2ª Divisão Nacional.
- Moura e U.Montemor atingem a manutenção.
- Gavionenses, Lus.Évora e Castrense descem aos Campeonatos Distritais.

sábado, 29 de maio de 2010

Futebol - AF Évora - Portel vence Taça Distrito de Évora

Final
29/05/2010
Portel 1 - 0 E.V. Novas

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Aprenda a jogar ... Poker 11


Equipas de Sempre: Perolivense 2007/2008

quinta-feira, 27 de maio de 2010

quarta-feira, 26 de maio de 2010

terça-feira, 25 de maio de 2010

Equipas de Sempre: Machedense 2009/2010

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Equipas de Sempre: Monte do Trigo 2009/2010

domingo, 23 de maio de 2010

Futebol - AF Évora - Terminou o Campeonato Distrital da Divisão de Honra


Divisão de Honra
JORNADA 26
Última Jornada
2010-05-23

Arraiolense 2-6  Monte Trigo 
Bencatelense 2-0  Oriolenses 
Sp. Viana 2-1  Giesteira 
Portel 5-0 Arcoense
Escouralense 0-3  Redondense 
Borbense 0-0 O Calipolense 
E. V. Novas 7-0  Santiago Maior 




Classificação
(26 Jogos)
1 E.V. Novas 75  (Promoção) Confirmado
2 Monte Trigo 59 
3 Redondense 54 
4 O Calipolense 42
5 Escouralense 42 
6 Giesteira 37 
7 Portel 36
8 Sp. Viana 35 
9 Oriolenses 28
10 Bencatelense 27
11 Borbense 27 
12 Santiago Maior 25  (Despromoção ?)
13 Arraiolense 14 (Despromoção ) Confirmado
14 Arcoense 13 (Despromoção ) Confirmado









Notas:
- Terminou o Campeonato Distrital da Divisão de Honra.
- E.V. Novas sagra-se campeão e sobe automaticamente à 3ª Divisão Nacional.
- Arcoense e Arraiolense descem à 1ª Divisão Distrital.
- Santiago Maior fica dependente do U.Montemor. Se o U.Montemor descer aos campeonatos distritais, o Santiago Maior desce para a 1ª Divisão Distrital.  

Futebol - 3ª Divisão - Juv.Évora sagra-se Campeão Nacional da 3ª Divisão !!


3ª Divisão E
G.Despromoção
JORNADA 9
2010-05-23

Gavionenses 2-1  Ol. Moscavide 
Portomosense 3-1 Peniche 
Sintrense 4-1  Caldas 



Classificação
(9 Jogos)

1 Caldas 29 
2 Sintrense 28 
3 Peniche 23 
4 Portomosense 21  (Despromoção) 
5 Gavionenses 21  (Despromoção) 
6 Ol. Moscavide 15  (Despromoção) Confirmado




Próxima Jornada
JORNADA 10
Última Jornada
2010-05-30

Peniche - Gavionenses 
Caldas - Portomosense 
Ol. Moscavide - Sintrense 

------------------------------------------------------


3ª Divisão F
G.Promoção
JORNADA 9
2010-05-23

BeiraMar Alg. 1-1 Farense
Juv. Évora 4-0 Esp. Lagos 
Cova da Piedade 0-1 Pesc. Caparica



Classificação
(9 Jogos)

1 Juv. Évora 42  (Promoção) Confirmado
2 Cova da Piedade 35  (Promoção) 
3 Farense 32 
4 Pesc. Caparica 29 
5 BeiraMar Alg. 27 
6 Esp. Lagos 25 




Próxima Jornada
JORNADA 10
Última Jornada
2010-05-30

Esp. Lagos - BeiraMar Alg. 
Pesc. Caparica - Juv. Évora 
Farense - Cova da Piedade 


----------------------------------------------------------


3ª Divisão F
G.Despromoção
JORNADA 9
 2010-05-23

U. Montemor 1-1  Lusit. Évora 
Castrense 2-4  Quarteirense 
Moura 3-3 Fabril Barreiro


Classificação
(9 Jogos)

1 Fabril Barreiro 31 
2 Moura 29 
3 Quarteirense 27 
4 U. Montemor 24  (Despromoção) 
5 Lusit. Évora 15  (Despromoção) Confirmado
6 Castrense 13  (Despromoção) Confirmado



Próxima Jornada
JORNADA 10
2010-05-30

Quarteirense - U. Montemor 
Fabril Barreiro - Castrense 
Lusit. Évora - Moura 


Notas:
- Falta 1 jogo, 3 pontos para terminar a segunda fase do campeonato.
- Gavionenses jogam permanência na última jornada.
- Juv.Évora sagrou-se Campeão Nacional da 3ª Divisão pela 2ª vez na sua história. 
- Moura obtém a manutenção na 3ª Divisão.
- U.Montemor vai decidir tudo na última jornada em Quarteira em que tem de vencer obrigatoriamente.
- Lusitano de Évora e Castrense desceram  aos campeonatos distritais.  

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Torneio das Freguesias do Clube de Futebol Eborense

Aprenda a jogar ... Poker 10


Equipas de Sempre: Estremoz 2009/2010

Fonte: Site do Clube

Equipas de Sempre: Casa Branca 2008/2009





quinta-feira, 20 de maio de 2010

quarta-feira, 19 de maio de 2010

SEMINÁRIO PARA TREINADORES DE FUTEBOL

Em final de época desportiva o Grupo Desportivo de Monte Trigo, em parceria com Associação Futebol de Évora, pretende realizar um Seminário de Futebol com o intuito de partilhar alguns dos trabalhos desenvolvidos pelos técnicos dos Clubes do Distrito, com a finalidade de contribuir para o aumento qualitativo e estrutural de todos os técnicos presentes.
São estes momentos de formação que permitem partilhar e conhecer novas realidades e estratégias, contribuindo para o aumento do conhecimento dos técnicos.

PROGRAMA DA ACÇÃO
MANHÃ
9h30 - Abertura do Seminário
Detecção e Selecção de Jovens Talentos
José Figueiras (Observador Distrital do S.L. Benfica)
Escolas de Futebol (Metodologias; Estratégias; Intervenções)
José Rui Silva (Coordenador da Escola "Os Geraldinhos" LGC)
Luís Canhoto (Coordenador da Escola “O Calipolense”)
Implicações tácticas de diferentes formas de jogos reduzidos Hugo Folgado (Docente da Universidade de Évora)

PROGRAMA DA ACÇÃO
TARDE
14.30 - Associações de Futebol Responsáveis pelo Desenvolvimento do Futebol Distrital
Óscar Tojo (Coordenador Técnico da AFE) Coordenação do Futebol
15.15 - Formação - Exemplo Prático Rui Carvalho (Lusitano G.C.)
16.00 - Aplicação Prática das minhas de JOGO (mesa redonda)
João Prates (G. União Sport)
Jorge Vicente (Atlético S.C.)
João Serrano (Selecções AFE - Futsal)

Machedense: Um Clube com História

A União Desportiva Machedense foi fundada a 14 de Maio de 1977, sendo a sua constituição a 11 de Dezembro de 1979. Tendo por finalidade a promoção cultural, desportiva e recreativa dos seus associados e de toda a população em geral.

Desde a sua constituição até às primeiras eleições a 4 de Março de 1983, o clube foi gerido por uma comissão administrativa em que faziam parte o Prof. António da Silva Ribeiro, Matias Joaquim Cardador, Aníbal Cardoso e Domingos Tenda Cardador.

O primeiro presidente eleito foi o Prof. António da Silva Ribeiro, fazendo parte dos órgãos sociais, entre outros, Aníbal Cardoso, Matias Cardador, António Fitas, Domingos Cardador, Florival Eleutério e Manuel Cardador Silva.

O Clube possui um parque desportivo próprio, composto por, campo de futebol, balneários e polidesportivo descoberto.

Além do futebol o clube tem em actividade o futsal. Colabora com todas as instituições para qualquer evento na freguesia.

O Clube teve até à data dois presidentes, o Sr. Prof. António Ribeiro (1983-1998) e o Sr. Manuel J. Cardador (1998- actualidade).

Emblemas: Clube de Futebol de Estremoz (Estremoz)

Equipas de Sempre: Estremoz 2009/2010



terça-feira, 18 de maio de 2010

Equipas de Sempre: São Romão 2009/2010

Fonte: Site do Clube

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Rui Sousa é reforço do Atlético de Reguengos

Segundo a Unirádio, o ponta-de-lança Rui Sousa vai voltar a vestir as cores do ASC Reguengos, desta feita no Campeonato Nacional da 2.ª Divisão, reforçando a frente de ataque do plantel orientado por Jorge Vicente. O jogador bejense representou o SCM Aljustrelense nas últimas épocas, tendo actuado no clube de Reguengos de Monsaraz na temporada 2006-2007, depois de ter passado por clubes como o Oriental de Lisboa, FC Oliveira do Hospital, FC Paços de Ferreira e Desportivo de Beja. O avançado de 24 anos, regressa assim a uma casa que bem conhece e onde certamente irá ser muito bem recebido, uma vez que é um jogador há muito desejado pela massa associativa do Atlético de Reguengos. Rui Sousa, que vai encontrar outros jogadores do distrito como Paulo Maurício e João Nabor, é a segunda aquisição do ASC Reguengos depois de acertada a contratação do também avançado Hélder Monteiro que militava no FC Madalena dos Açores.

Equipas de Sempre: Casa Branca 2008/2009


sábado, 15 de maio de 2010

Futebol - AF Évora - EV Novas sofre 1ª derrota

Divisão de Honra
JORNADA 25
2010-05-15

Monte Trigo 1-0 E.V. Novas 
Oriolenses 3-1  Arraiolense 
Giesteira 4-1  Bencatelense 
Arcoense 0-3  Sp. Viana 
Redondense 0-1  Portel 
O Calipolense 1-1 Escouralense
Santiago Maior 0-1  Borbense 



Classificação
(25 Jogos)

1 E.V. Novas 72  (Promoção) Confirmado
2 Monte Trigo 56
3 Redondense 51 
4 Escouralense 42 
5 O Calipolense 41 
6 Giesteira 37
7 Portel 33
8 Sp. Viana 32
9 Oriolenses 28 
10 Borbense 26
11 Santiago Maior 25 
12 Bencatelense 24 (Despromoção ?)
13 Arraiolense 14 (Despromoção )  Confirmado
14 Arcoense 13 (Despromoção ) Confirmado





Próxima Jornada
JORNADA 26
2010-05-23

Arraiolense - Monte Trigo 
Bencatelense - Oriolenses 
Sp. Viana - Giesteira 
Portel - Arcoense 
Escouralense - Redondense 
Borbense - O Calipolense 
E.V. Novas - Santiago Maior 

Notas:
- Falta 1 Jogo, 3 pontos para terminar a Divisão de Honra.
- Destaque para o Monte do Trigo que infringiu a primeira derrota ao Estrela de Vendas Novas, ao vencer em casa por 1-0. Esta vitória serviu também para assegurar o segundo lugar da tabela classificativa.
- Na parte mais baixa da tabela, o Arraiolense e o Arcoense confirmaram desde já a descida à 2ª Divisão Distrital,  devido ao facto de descer um clube desta divisão, mais outro devido ao facto do Lus.Évora ter descido também aos distritais. Em suspenso está a 12ª posição porque está dependente da manutenção ou não do U.Montemor  na 3ª Divisão. Se o U.Montemor descer aos distritais, o clube detentor da  12ª posição do campeonato irá também descer à 2ª Divisão Distrital.

Futebol - 3ª Divisão - Lus.Évora e Castrense descem aos Distritais


3ª Divisão E
G.Despromoção
JORNADA 8
2010-05-15

Gavionenses 2-1 Portomosense
Peniche 1-0 Sintrense
Caldas 3-1 Ol. Moscavide


Classificação
(8 Jogos)

1 Caldas 29 
2 Sintrense 25 
3 Peniche 23 
4 Portomosense 18 (Despromoção)
5 Gavionenses 18 (Despromoção)
6 Ol. Moscavide 15 (Despromoção) Confirmado




Próxima Jornada
JORNADA 9
2010-05-23

Gavionenses - Ol. Moscavide 
Portomosense - Peniche 
Sintrense - Caldas

---------------------------------------------------------



3ª Divisão F
G.Promoção
JORNADA 8
2010-05-15

BeiraMar Alg. 1-0 Juv. Évora
Esp. Lagos 1-2 Cova da Piedade
Pesc. Caparica 0-0 Farense


Classificação
(8 Jogos)

1 Juv. Évora 39  (Promoção) Confirmado
2 Cova da Piedade 35  (Promoção)
3 Farense 31
4 Pesc. Caparica 26 
5 BeiraMar Alg. 26 
6 Esp. Lagos 25 




Próxima Jornada
JORNADA 9
2010-05-23

BeiraMar Alg. - Farense 
Juv. Évora - Esp. Lagos 
Cova da Piedade - Pesc. Caparica 


-------------------------------------------------------


3ª Divisão F
G.Despromoção
JORNADA 8
 2010-05-15

U. Montemor 4-1 Castrense
Quarteirense 3-2 Moura
Fabril Barreiro 2-1 Lusit. Évora


Classificação
(7 Jogos)

1 Fabril Barreiro 30 
2 Moura 28 
3 Quarteirense 24
4 U. Montemor 23 
5 Lusit. Évora 14  (Despromoção) Confirmado
6 Castrense 13  (Despromoção) Confirmado





Próxima Jornada
JORNADA 9
2010-05-23

U. Montemor - Lusit. Évora 
Castrense - Quarteirense 
Moura - Fabril Barreiro 

Notas:
- Faltam 2 jogos, 6 pontos para terminar a segunda fase do campeonato.
- Juv.Évora perdeu no algarve com o Beira-Mar de Monte Gordo por 1-0, não assegurando de imediato o título de campeão da Série F. 
- Gavionenses, U.Montemor e Moura continuam a lutar pela permanência na 3ª Divisão.
- Lusitano de Évora e Castrense desceram no dia de hoje aos campeonatos distritais.  

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Equipas de Sempre: Juv.Évora 1979/1980

Equipas de Futebol

Aprenda a jogar ... Poker 9


Equipas de Sempre: Estremoz 2008/2009

Fonte: Site do Clube

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Equipas de Sempre: Juv.Évora 1951/1952

Equipas de Futebol

Equipas de Sempre: Casa Branca 2007/2008


quarta-feira, 12 de maio de 2010

Emblemas: Grupo Desportivo de Cabrela (Cabrela)

Equipas de Sempre: Casa Branca 2007/2008


terça-feira, 11 de maio de 2010

Futebol - AF Évora - Final da Taça Distrito de Évora

Equipas de Sempre: Casa Branca 2008/2009

segunda-feira, 10 de maio de 2010

4º Edição da Gala do Futebol do Distrito de Évora


A Associação Futebol de Évora prepara-se para a realização da 4º Edição da Gala do Futebol do Distrito de Évora que tem como finalidade reconhecer o esforço e o trabalho de todos os Clubes em 2009-2010. Será no próximo dia 09 de Junho pelas 21h00 na Arena de Évora.

Para a presente época, a Gala irá reconhecer todas as equipas campeãs dos Campeonatos Distritais (Futebol e Futsal), todas as individualidades que se destacaram pelas suas equipas e que mereceram o voto dos treinadores, todos os árbitros do Distrito, bem como o reconhecimento pelo desempenho realizado pelos Clubes nos Campeonatos Nacionais organizados pela F.P.F..

Será o grande momento do ano desportivo e que terá a participação e presença de todos.

Colocamos em anexo o Regulamento de Gala que foi definido antes do início das Provas.

Equipas de Sempre: Bencatelense 2009/2010

Fonte: Site do Clube
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...