terça-feira, 18 de outubro de 2011

Ex-jogador do Juv.Évora condenado por abusar de bébé

O futebolista de 35 anos ficava várias noites sozinho em casa, em Setúbal, com a filha de três anos por causa dos horários da ex-mulher, enfermeira num hospital. Estávamos em Junho em 2007 quando, pela primeira vez, o homem obrigou a menina a fazer-lhe sexo oral.Antigo atleta de clubes como o Pinhalnovense, Estoril, Machico e Juventude de Évora, onde jogava como médio, foi ontem condenado a uma pena de prisão de cinco anos, suspensa por igual período. O acórdão foi proferido de manhã no Tribunal de Setúbal.
O futebolista fica ainda sujeito ao pagamento de 45 mil euros de indemnização – 30 mil à filha e os restantes 15 mil à mãe.
Só em 2008 a menina ganhou coragem de contar à mãe o que o pai lhe fez. A mãe formalizou logo queixa às autoridades. Até hoje, a menina tem agora sete anos, continua a receber apoio psicológico. Com base nos relatórios de psicólogos e psiquiatras, que também foram chamados a depor em tribunal, sabe-se que a criança vai ter de ser acompanhada no futuro por especialistas devido aos maus tratos.
O futebolista, que actualmente não representa qualquer clube, esteve a ser julgado nos últimos meses, à porta fechada, no Tribunal de Setúbal – depois de uma investigação conduzida pela PJ local.
Actualmente, tem uma nova mulher e um filho de um ano. A par dos crimes sexuais, o jogador tem antecedentes por furto simples, condução sem habilitação legal e agressão a polícias.



Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...